21 de abril de 2015

Chibamba

۞ ADM Sleipnir

Arte de Filipe Sant'ana
O Chibamba é uma estranha entidade presente no folclore do sul de Minas Gerias, uma variação do Bicho Papão. A lenda conta que ele surge para assombrar e assustar as crianças que teimam com os pais e choram na hora de dormir. Ele faz essas crianças dormirem à força, mesmo sem sono e as amedronta a noite inteira fazendo com que eles tenham pesadelos terríveis.

Dizem que ele é o espírito das bananeiras, e por isso ele veste uma longa esteira de folhas de bananeira. Ele dança de forma compassada enquanto caminha, rodopiando e fazendo um som, como se fosse um ronco de porco.

Origem da lenda

A lenda do Chibamba teve sua origem na África, e chegou ao Brasil por intermédio dos nativos africanos. Estes se  vestiam com folhas de bananeira e usavam máscaras assustadoras em vários dos seus rituais: pesca, caça, colheita, rituais religiosos e inclusive em cerimônias de casamentos. Os figurantes simbolizavam a reencarnação dos seus antepassados, que ora os visitavam para abençoar suas festas. Os africanos se apresentavam em seus terreiros festivos, onde as amas pretas de leite cuidavam dos seus bebês e também das crianças brancas, e assim deu-se a origem do Chibamba como criatura assustadora. Era uma oportunidade e tanto para mostrar às crianças, aqueles figurantes caracterizados de monstros cobertos de folhas e mascarados, como sendo uma entidade que viria atormentar as que não quisessem dormir.


Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby