11 de março de 2014

Amazonas

۞ ADM Sleipnir



Na mitologia grega, as Amazonas eram uma tribo composta por ferozes mulheres guerreiras, e que viviam na Ásia Menor. Acreditava-se que elas fossem descendentes do deus da guerra, Ares. O seu reino chamava-se Temíscera, e neste reino, a entrada de homens era completamente proibida. Supõe-se que para poderem se reproduzir, as amazonas mantinham relações sexuais com homens pertencentes à tribos vizinhas. Elas mantinham e criavam apenas as meninas, e os meninos eram mortos, mutilados, se tornavam escravos, ou ainda eram enviados para seus pais.

Origem


Estudiosos discordam sobre o significado do termo amazona. Alguns dizem que o nome significa "sem seios", devido á crença de que as Amazonas cortavam uma de suas mamas, a fim de poderem usar lanças e arcos de forma mais eficaz. Outros estudiosos acreditam que o nome pode significar "sem grão" (ou pão) e pode ter se derivado da palavra grega para cevada, Maza

A lenda das Amazonas pode ter se originado do fato de que as mulheres em algumas sociedades antigas tomavam parte nas batalhas. Em muitos casos, essas eram sociedades matriarcais, nas quais as propriedades e o nome de uma família eram passados adiante através do lado da mãe da família. Para os gregos, com sua sociedade patriarcal, esta prática era considerada antinatural e bárbara. Eles, portanto, criaram histórias sobre ferozes mulheres que tinham aversão a homens . Em muitos contos gregos, as amazonas são derrotadas e mortas pelos guerreiros masculinos como punição por terem um papel considerado adequado apenas para os homens.




Lendas

As amazonas aparecem com freqüência nos mitos e lendas gregos. Um dos 12 trabalhos de Hércules era capturar o cinturão da rainha amazona Hipólita . Quando Hércules chegou à terra das Amazonas , Hipólita o recebeu calorosamente e concordou em dar -lhe o cinto. Mas Hera, rainha dos deuses , convenceu  o restante das Amazonas de que Hércules queria sequestrar Hipólita, e então elas pegaram em armas e o atacaram. Acreditando que a rainha o havia enganado, Hércules a matou antes de embarcar de volta para a Grécia com o cinto.

Em outro conto grego , o herói Teseu ataca as Amazonas e sequestra a rainha Hipólita. As amazonas respondem esse ato indo à guerra contra Atenas, mas Teseu as derrota após uma luta terrível. Durante a Guerra de Tróia, a rainha amazona Pentesiléia trouxe tropas extras para ajudar os troianos após a morte do guerreiro Hector. Devido a isso, o herói grego Aquiles  a mata e depois acaba se apaixonando por seu cadáver. As amazonas também aparecem nas obras de escritores do grego Heródoto e Apolodoro.

As Amazonas Eslavas


Histórias de poderosas guerreiras também aparecem nas lendas dos povos eslavos, no sudeste da Europa. Lideradas pela guerreira Vlasta, essas mulheres viviam em um castelo perto do rio Vltava. Elas eram agressivas tanto em seus combates contra os homens, como também em suas perseguições à eles. Em uma história, Sárka, uma dessas mulheres, lutou contra o herói eslavo Dobrynia. Ela agarrou-o pelos cabelos, puxou-o de cima de seu cavalo, e colocou-o em seu bolso. Ela só o soltou após ele prometer que se casaria com ela . Na maioria das histórias, as guerreiras acabaram mortas ou casadas com um herói.

A lenda das Amazonas viveu por muito tempo após a época dos antigos gregos e romanos. Em torno de 1540, uma viagem empreendida pelo explorador espanhol Francisco de Orellana ajudou a recriar a lenda das amazonas. As icamiabas eram índias que dominavam a região próxima ao rio Amazonas, riquíssima em ouro. Quando Orellana desceu o rio em busca de ouro, descendo os Andes (em 1541) o rio ainda era chamado de Rio Grande, Mar Dulce ou Rio da Canela, por causa das grandes árvores de canela que existiam ali. A belicosa vitória das icamiabas contra os invasores espanhóis foi tamanha que o fato foi narrado ao rei Carlos V, o qual, inspirado nas antigas guerreiras  amazonas, batizou o rio de Amazonas. 





Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

10 comentários:

  1. Padrão Inanna de qualidade!!! assim que é bom: ver mulheres, que não se ajoelharam ao machismo doentio criado unicamente para manipular a mente dos humanos.

    ResponderExcluir
  2. show ! mulher boa de domar são as indomáveis hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Excelente, já conheço esta narrativa desde 1990, quando apresentei um trabalho relacionado a esse tema, onde apresentei enormes cartazes de ilustrações das Icamiabas a canoas, e das Amazonas a cavalos, no meu riquíssimo antigo Magistério, que cursei no Instituto de Educação do Amazonas - IEA. GOSTARIA QUE VOCÊS APRESENTASSEM UMA ILUSTRAÇÃO DAS ICAMIABAS A CONOAS!

    ResponderExcluir
  4. Na verdade nem Hipólita e Pentesiléia, rainhas Amazonas que quebraram o coração de Hércules e Áquiles, eram dignas de serem lideres das Amazonas, uma safra única de mulheres formosas ao extremo. Segundo Ederson Maia, a verdadeira rainha de grande importância entre as Amazonas, era Drogulianba, uma mulher negra que chegava a ser lustrada, sua beleza inveja todas as Amazonas e mulheres dos reinos existentes em batalha. relatos forjam que 95% das Amazonas eram lésbicas, e faziam suas trepadas entre as árvores na maioria das vezes.

    ResponderExcluir
  5. Só acho meio contraditório o fato de essas guerreiras terem se estabelecido tão solidamente em suas tribos sem a ajuda dos homens, e se casarem com eles ao sobreviver a uma batalha. Elas se casavam por vontade própria ou seria algum tipo de punição para elas, ou elas seriam um tipo de troféu para seus oponentes??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Casava se por procriação mas também não sei se era por obrigação

      Excluir
  6. As amazonas existiram, vinham do Leste, tribos eslavas. Todas brancas, loiras, altas e muito fortes pq só se reproduziam escolhendo os melhores exemplares masculinos de tribos aliadas, sempre os mais altos, mais fortes, bonitos e saudáveis. Uma grande parte delas eram lésbicas e hoje muitas reencarnaram e sabem quem foram. Ao sinal de Artemis no céu se unirão novamente. Esse aviso será como um chamado interior. Elas restaurarão o novo mundo baseado no matriarcado. Todas as que foram amazonas em outras vidas sabem essa verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, muitas são amazonas reencarnadas mas não sabem. E as que nao são mas desejam ser, sentem a agonia de viver na floresta de cimento, ou se sentir deslocada onde vive. Poderia me explicar mais sobre elas?!

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby