26 de dezembro de 2016

Escolomancia

۞ ADM Sleipnir


A Escolomancia (moderno romênio Solomonanţă, em inglês Scholomance) é uma lendária escola de magia negra dirigida pelo próprio Diabo, supostamente localizada perto de um lago sem nome nas montanhas ao sul da cidade de Hermannstadt (Nagyszeben em húngaro, agora chamada Sibiu em romeno), na Transilvânia.

No Folclore

Emily Gerard (07/05/1849 – 11/01/1905) uma escritora escocesa casada com um cavalheiro polonês destacado na Hungria, fez uma descrição detalhada da Escolomancia em um artigo intitulado "Transylvanian Superstitions" na revista The 19th Century (1885):
"Como estou falando das tempestades, posso mencionar aqui a Escolomancia, ou escola que se supõe existir em algum lugar no coração das montanhas, e onde todos os segredos da natureza, a linguagem dos animais e todos os feitiços mágicos e encantos imagináveis são ensinados pelo diabo em pessoa. Apenas dez estudantes são admitidos por vez, e quando o curso de aprendizagem chega ao fim, nove deles são liberados para retornar às suas casas, e o décimo estudante é detido pelo diabo como pagamento, e montado sobre um zmeju (dragão) ele se torna um ajudante do diabo, e o auxilia em "fazer o tempo", isto é, na preparação dos raios. Supõe se que um pequeno lago, imensamente profundo, situado no alto das montanhas ao sul de Hermanstadt [sic],seja o caldeirão onde se prepara o trovão, e durante o tempo bom, o dragão dorme debaixo de suas águas."

Wilhelm Schmidt, então professor em Hermannstadt, discutiu sobre a Escolomancia  20 anos antes em um artigo para a revista Österreichische, juntamente com os Solomonari, os feiticeiros que se graduaram nela.

A autora Katherine Ramsland descreve os nove estudiosos restantes, conhecidos como Solomonari, como "homens altos, ruivos, vestidos de lã branca ... [possuindo] vários instrumentos de magia e um livro de instrução". Ela também explica que eles são "treinados durante nove anos ... superando obstáculos e sobrevivendo a provações. O exame final envolvia copiar tudo o que eles sabiam sobre a humanidade para o livro dos Solomonar".

Já o escritor e folclorista Charles Godfrey Leland associou a Escolomancia com histórias medievais sobre uma escola de feitiçaria ensinada pelo diabo localizada em Salamanca, Espanha, na Cueva de Salamanca (es). Os Solomonari no folclore romeno eram comumente associados com o Rei Salomão, uma figura proeminente nas tradições ocultas ocidentais.


Na Literatura 

Bram Stoker, provavelmente baseando-se no artigo de Gerard, se referiu a Escolomancia duas vezes em Drácula, uma vez no capítulo 18:
"Os Dráculas eram, diz Arminius, uma grande e nobre raça, embora vez por outra houvesse suspeitas que foram mantidos por seus conterrâneos, de terem negócio com o maligno. Eles aprenderam seus segredos na Escolomancia, entre as montanhas sobre o Lago Hermanstadt, onde o diabo reivindica o décimo estudioso como seu tributo."
E no capítulo 23:
"Ele se atreveu mesmo a frequentar à Escolomancia, e não havia nenhum ramo do conhecimento de seu tempo que ele não experimentou."
A referência de Stoker ao "Lago Hermanstadt" parece ser uma interpretação errônea da passagem de Gerard, pois não existe nenhum corpo de água com esse nome.

No livro Lord of Middle Air de Michael Scott Rohan, o mago Michael Scot revela que se atreveu a treinar na Escolomancia em duas ocasiões, pois lá havia tanto conhecimento que não podia ser aprendido em apenas uma noite.

A Escolomancia também é mencionada no livro "Anno Drácula" de Kim Newman, com a mesma citação que Stoker fez no capítulo 23 de Drácula.

O livro Dama da Meia Noite de Cassandra Clare usa a Escolomancia como uma academia de treinamento Shadowhunter para treinar Shadowhunters de elite em seu spin-off para Os Instrumentos Mortais, Os Artifícios das Trevas.

Em jogos de computador

O termo Scholomance foi reutilizado na indústria de jogos de computador para se referir a outras escolas de magia negra. Os warlocks em Bungie's Myth II: Soulblighter são descritos como tendo sido treinados em uma escola de magia chamada Scholomance, e no World of Warcraft da Blizzard Entertainment, Scholomance é um castelo arruinado pelo Flagelo cujas porões e criptas são agora usadas para treinar necromantes e criar monstros mortos-vivos. Como seu homônimo lendário, a Scholomance em World of Warcraft está localizada no meio de um lago.

Scholomance em WOW


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Vocês poderiam fazer um posto sobre o tabuleiro de ouja e o misterioso zozo que quase sempre aparece nas seções, seria interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós temos um post antigo falando sobre o tabuleiro Ouija: http://portal-dos-mitos.blogspot.com.br/2012/09/tabuleiro-de-ouija.html

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby