12 de agosto de 2016

Melinoe

۞ ADM Sleipnir



Arte de Renato Caria

Melinoe (em grego: Μελινοε) é uma obscura deusa grega do submundo citada no Hino Órfico de nº71. Este hino é a única fonte literária que atesta sua existência.
"A Melínoe eu chamo, ninfa ctônia em cróceo véu,que junto à foz do Cocito deu à luz insignePerséfone, no sacro leito de Zeus Crônio;uniu-se a ela ludibriado Plutão com ardis astutos,ardoroso arrancou a dúplice pele de Perséfone.Ela enlouquece os mortais com nevoentos fantasmas,em estranhas imagens desvelando suas formas,ora às claras ora em sombras, noturno cintilarem encontros hostis nas trevas da noite.Vamos, Deusa, suplico-te, subtérrea rainha, envia o furor da alma para os confins da terra,benévola sacratíssima face revela aos iniciados."
-Tradução de Rafael Brunhara

De acordo com o hino, Melinoe é filha da deusa Perséfone, porém seu pai não era Hades, e sim Zeus, que se disfarçou como Hades para se deitar com ela. Melinoe  presidia as propiciações oferecidas aos fantasmas dos mortos. Durante a noite, ela vagava pela terra acompanhada por um séquito de fantasmas, espalhando medo e insanidade por onde quer que passasse.


fontes:
Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

Um comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby