29 de outubro de 2014

Besta de Gevaudan

۞ ADM Sleipnir



Entre os anos de 1764 a 1767, uma estranha criatura aterrorizou a província de Gevaudan, localizada na zona moderna de Lozère, centro-sul da França. A criatura era semelhante a um lobo, e devorava ​​os cidadãos locais. Durante esse período, houveram 210 ataques, resultando em 113 mortes. Quase todas as vítimas foram parcialmente devoradas. A misteriosa criatura recebeu o nome de Besta de Gevaudan (em francês Bête du Gévaudan).

Relatos e Descrições Sobre a Criatura
A Besta de Gevaudan foi descrita por testemunhas como sendo um animal semelhante à um lobo, de cor avermelhada e tão grande como uma vaca. Ela possuía uma cauda grande, orelhas pequenas e retas, peito e ombros muito largos e um odor insuportável. Também possuía enormes garras em forma de mão humana, e grandes dentes caninos salientes de suas mandíbulas. Ela movia-se rapidamente saltando sobre quatro patas, atingindo 30 metros de distância por salto. Relatos de testemunhas oculares afirmam que a besta às vezes andava sobre duas patas, uma característica que levou muitas pessoas a acreditarem que a criatura era realmente um lobisomem. Em um exemplo, o animal foi visto atravessando um rio com suas patas traseiras. Em outro exemplo, um pastor observou que a besta ficou de pé sobre duas patas e pegou uma ovelha com seus braços.

Os Primeiros Ataques

O primeiro ataque ocorreu em 01 de junho de 1764, quando Jeanne Boulet cuidava de seu gado próximo a uma floresta. A besta saiu do meio dos arbustos e pulou sobre Jeanne, mas os touros dela espantaram a criatura para longe com os seus chifres. A criatura se recuperou e voltou para outro ataque, mas novamente, os touros da mulher repeliram o ataque. Se não o tivessem feito, certamente ela teria sido a primeira vítima da besta infame. Vinte e nove dias depois, um novo ataque ocorreu, mas desta vez ela estava sozinha, sem outras pessoas ou animais por perto para protegê-la, e Jeanne Boulet foi ferida mortalmente .


Mais ataques continuaram a ocorrer ao longo do ano. Dezenas de pessoas da cidade foram atacadas. Crianças desapareciam, e corpos parcialmente comidos e partes dos corpos podiam ser encontrados espalhados pelos campos. Os homens da cidade tentaram em vão caçar a criatura. A crueldade dos ataques atraiu grande interesse do rei, que enviou vários caçadores profissionais para a área. Apesar de centenas de lobos terem sido eliminados dos campos pelos caçadores, os assassinatos continuaram .

O Rei Resolve Agir

Furioso, Luís XV encarregou seu arcabuzeiro pessoal, Antoine de Beauterne, com a missão de capturar o problemático animal. Uma recompensa de seis mil libras foi estabelecida, e vários caçadores de lobos profissionais foram enviados para a província para caçar a besta.

Beauterne inicialmente examinou a região, traçou alguns mapas das rotas do animal e inspecionou a área circundante. Finalmente, em 21 de setembro , ele organizou um grupo de caça composto por quarenta caçadores locais e uma dúzia de cães.

Guiado por sua intuição, Beauterne ordenou que seus homens cercassem um barranco na floresta perto da aldeia de Pommier. Assim que os cães foram soltos, eles começaram a latir furiosamente. Cercado e assustado, o animal tentou encontrar uma rota de fuga. Beauterne disparou, atingindo o animal no ombro direito. Os demais caçadores também abriram fogo contra o animal, conseguindo acertar um tiro que atravessou o seu olho direito e o seu crânio. O animal caiu e os homens soaram suas trombetas em triunfo.

Repentinamente, para a surpresa e o espanto de todos, o animal levantou-se e partiu para cima de Beauterne. Os homens dispararam contra o animal novamente e mesmo ferido, ele virou-se e tentou fugir na direção oposta, mas finalmente caiu morto.

A Besta Realmente Morreu?

Após um exame cuidadoso, o animal revelou-se um enorme lobo medindo um pouco mais de 6 metros , pesando 64kg, com uma enorme cabeça e presas de cerca de 1 ½ polegadas de comprimento. Um relatório foi enviado ao rei dizendo: "Nós declaramos pelo presente relatório, assinado por nossas próprias mãos, que nós nunca vimos um lobo tão grande que pudesse ser comparado a este. É por isso que acreditamos ser esta a besta temível que causou tanto dano " .


Houve grande alegria nas aldeias da região. "A Besta está morta! A Besta está morta! ", gritava a população. As recompensas foram pagas e os moradores da cidade suspiravam de alívio. Mas para a consternação de todos, em 2 de dezembro do mesmo ano, os ataques em série recomeçaram, com dezenas de outros cidadãos mortos ou feridos. A caça à criatura foi retomada.

Não demorou muito para que o animal deixasse de atacar somente mulheres e crianças para atacar também os homens e, em alguns casos, até mesmo grupos de homens. A população da cidade estava confusa, por não saber com que tipo de criatura eles estavam lidando. Na edição de 06 de junho de 1765 do periódico Inglês St. James Chronicles, assinalou: "parece que ela não é nem um lobo, tigre ou hiena, mas, provavelmente, um vira-lata , gerado entre os dois últimos e formando , por assim dizer , uma nova espécie". Durante o verão de 1765, o massacre de crianças foi particularmente horrível. A esta altura, as histórias da besta invencível tinham alcançado todos os cantos da Europa.

A Besta é Finalmente Morta

Em 19 de junho de 1767, após três anos do início dos ataques, um caçador local chamado Jean Chastel estava caçando junto a um grupo quando eles sentaram-se um pouco para ler a Bíblia e orar. Enquanto faziam sua oração, a criatura entrou no campo de vista dos mesmos e permaneceu parada olhando fixamente para Chastel. Chastel terminou sua oração e se levantou para abater a besta. Acreditando que o animal era um lobisomem, Chastel carregou sua arma com uma bala de prata feita sob encomenda, e atirou contra ele, matando-o com um único tiro. Por causa do estranho comportamento do animal, surgiram boatos de que ele conhecia Chastel, e o mesmo o teria treinado para atacar.

O fato é que o animal se encaixava na descrição fornecida pelas testemunhas, e então seu cadáver foi examinado. Ao ter seu estômago aberto, foram encontrados os restos mortais de uma pessoa. O corpo da Besta foi enviado para o Rei, que orgulhosamente exibiu o animal em praça pública. Era o fim da Besta de Gevaudan.

"Bestia z Gevaudan", de gabahadatta
Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

9 comentários:

  1. sinistro, eu vi um documentário sobre isso no History. a besta tinha mais preferencia por mulheres e crianças

    ResponderExcluir
  2. Conspiracao pura. Por que somente a bala benzida por um padre e o resto nao funcionou?

    ResponderExcluir
  3. O Universo tem seus mistérios ainda muito desconhecidos pelo ser humano. Como o caso do chupa-cabras, li, quando começaram as notícias, que o dito cujo seria um elemental que resolveu sair do seu mundo para o nosso, sozinho, e não conseguiu a sua materialização necessária e se transformou neste ser, isto dito por um estudioso.

    ResponderExcluir
  4. mas nao foi a caçadra Marie Jeanne Valet Argent que matou a besta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Negativo, foi um caçador chamado Jean Chastel. Existe inclusive um monumento lá na França em sua homenagem.

      Excluir
  5. Na verdade foi uma caçadora chamada Marie-Jeanne Valet que matou a besta acabei de ler em um site

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pedro. Quem matou a Besta de Gevaudan foi Jean Chastel, no ano de 1767. Existem monumentos e placas em sua homenagem na França atestando o fato. Já Marie-Jeanne Valet foi atacada pela criatura 2 anos antes, em 1765. Ela desferiu um golpe de lança nela, que acabou fugindo.

      Este site explica melhor o episódio envolvendo a Marie-Jeanne:
      http://www.atlasobscura.com/places/marie-jeanne-valet-vs-the-beast-of-gevaudan

      Numa próxima atualização da postagem vou incluir a história da Marie, realmente ficou faltando.

      Excluir
  6. http://www.ledauphine.com/loisirs/2013/07/23/la-bete-du-gevaudan-serial-killer-a-4-ou-2-pattes

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby