6 de agosto de 2014

Mapinguari

۞ ADM Sleipnir



O Mapinguari (também conhecido como Mapi, Mapinguary e Isnashi), é um criptídeo legendário de aparência simiesca, coberta por uma pelugem vermelha e que é dito habitar região da Floresta Amazônica. O seu nome é geralmente traduzido como "o animal que ruge" ou "a besta fétida". 

Aparência 

Segundo o folclore nativo, o Mapinguari é uma criatura com uma série de características não-naturais relacionadas à outros seres fantásticos da mitologia brasileira. Essas características incluem: apenas um olho, garras longas, pele similar a de um jacaré, pés virados para trás e uma segunda boca em sua barriga. Relatos mais recentes de supostas testemunhas oculares descrevem-no como sendo semelhante a um macaco ou preguiça gigante, que atinge aproximadamente 2 metros de altura ao ficar de pé, possui braços longos e garras poderosas, capazes de rasgar árvores com facilidade.


Hábitos e habilidades 

Ao contrário de outras entidades fabulosas, o Mapinguari possui hábitos diurnos. Ele vaga pelas florestas durante o dia e dorme durante a noite. Ele é lento, mas muito feroz e perigoso devido à sua capacidade de se mover silenciosamente através da densa vegetação, sendo capaz de surpreender suas vítimas. Algumas histórias afirmam que ele exala um cheiro pútrido e emite um grito assustador, que se alguém responder, irá atraí-lo e no fim perderá a vida.Supostamente, flechas e balas não conseguem penetrar a sua pele, que é semelhante a de um jacaré. Sua única fraqueza é que ele evita o contato com a água, o que acaba limitando seus movimentos em uma região onde existem tantos rios, cachoeiras e lagoas. 

De acordo com uma lenda, alguns índios evoluiriam e transformariam-se em Mapinguari ao atingirem uma idade mais avançada e passariam a habitar o interior das florestas passando a viver sozinhos.

Criptozoologia 

Apesar de vários esforços, as buscas por evidências físicas verificáveis sobre a existência do Mapinguari se mostraram inúteis. Algumas teorias sobre a real identidade do Mapinguari sugerem que ele é um primata gigante, uma preguiça gigante (provavelmente Megatherium ou Mylodon), ou possivelmente até mesmo um tamanduá-bandeira incomum. Ainda sim, muitos crêem que provavelmente a figura do Mapinguari não passa de um ser folclórico.

Entre os muitos pesquisadores que tentaram encontrar provas da existência do Mapinguari, está o ornitólogo David Oren. Durante suas várias expedições, ele reuniu uma gama de material, alguns dos quais mais tarde foram identificados como sendo peles de cutias, fezes de tamanduás e outros materiais inconclusivos. No entanto, Oren ainda acredita que a criatura seja real, mas altamente indescritível, e hoje em dia seja extremamente rara, evitando o contato com os seres humanos sempre que possível.


Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

13 comentários:

  1. MUITO BOM AMO CULTURA INDIGENA BRASILEIRA E GOSTARIA DE APRENDER MAIS SOBRE ELA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, aos poucos iremos trazer mais sobre o assunto.

      Excluir
    2. Mapinguari: https://www.youtube.com/watch?v=jZz_F-qDQL0

      Excluir
  2. QUERIA SABER ONDE E A FONTE DESSAS LENDAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pesquiso muito na internet, em muitos sites. Em português costuma ter pouca coisa, então caso deseje pesquisar, sugiro que o faça em inglês.

      Excluir
  3. Oi, tudo bem? Gostei muito do post =D Ainda não conhecia essa criatura mitológica, achei bem interessante ^^

    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  4. Ola, sou uma pessoa apaixonada por conhecimento, adoro conhecer um pouco da cultura de cada povo... amei o blog, pouco se ve uma descriçao tao detalhada de varios mitos e lendas :-)
    Me apaixonei.. Acho que ja sou o fan numero um de Vcs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do nosso trabalho. É o melhor incentivo que podemos ter para dar continuidade a ele.
      Continue acompanhando o blog, pois tem muita postagem vindo por aí.

      Excluir
  5. Um dos poucos seres mitológicos daqui que pode ser levado a sério (no sentido de não ser cômico como um saci por exemplo).
    Recentemente vi uma referência a ela no game indie brasileiro chamado "Aritana e a Pena da Harpia".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso porque a divulgação de monteiro lobato principalmente entre crianças condenou certas lendas a ter aspectos infantis, enquanto que lendas mais desconhecidas não passaram por este problema. O que dita os rumos destas lendas também é a arte.

      Excluir
  6. Olá eu queria saber se vc podia fazer sobre 1 bicho q vcs ñ tem aqui.

    É o cocatrice eu queria saber muito sobre ele eu ja procurei imagens e achei ele legal e queria saber dele mais não achei em nenhum lugar '-' se vcs conseguirem fazer, obrigabo.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby