17 de julho de 2014

Pokémon: Lavender Town

۞ ADM Berserker



Pokémon está entre as mais bem sucedidas series de jogos eletrônicos do mundo, sendo sucesso absoluto desde sua criação em 1996, com os jogos de RPG para Game Boy, Pokémon Red e Pokémon Blue. Todo esse sucesso colaborou para que Pokémon fosse expandido para outras mídias, gerando uma vasta gama de produtos que são vendidos até hoje no mundo todo.

Inevitavelmente foi surgindo uma infinidade de críticas, boatos, e até mesmo mitos urbanos envolvendo Pokémon. No geral, são notícias exageradas ou falsas, disseminadas pelas mídias sensacionalistas que tentam atingir principalmente o anime de Pokémon, mas que acabam por populariza-lo ainda mais. Atualmente, a animação que é exibida nos 5 continentes, tem 17 temporadas e 16 filmes. Porém, hoje será nos jogos que vamos nos focar, mais especificamente, na menor cidade da primeira e segunda geração, Lavender Town.

Nas primeiras levas de Pokémon Red e Green no Japão (Green era a versão Blue japonesa) Lavender Town possuía uma música muito diferente da atual. Era um tom diferente da do resto das cidades do jogo, na verdade, Lavender Town já é visualmente distinta das demais. Ela é minúscula, não tem ginásio e possui uma torre chamada Pokémon Tower, uma espécie de cemitério para Pokémon, onde os Pokémon falecidos são enterrados e seus espíritos assombram o lugar.



As macabras lendas urbanas envolvendo Lavender Town, vem de relatórios supostamente vazados pelas empresas japonesas envolvidas com o projeto do jogo, eles associavam o surto de suicídios de crianças japonesas e outros sintomas estranhos aos jogos da série Pokémon. Na época, Red e Green já faziam muito sucesso com o público jovem, mas os casos só envolviam crianças muito sensíveis e que passavam muito tempo em Lavender Town. O motivo tinha sido taxado como a música assustadora do lugar, que provocaria tendências suicidas por afetar o psicológico das crianças causando grande irritabilidade, dores de ouvido, enxaqueca, forte apego ao jogo e hemorragia nos olhos. Como a legislação japonesa dá liberdade às empresas de não tornarem essas informações públicas, elas supostamente vieram de ex-funcionários que deixaram isso vazar de propósito.

Até esse ponto, mesmo que baseada em informações pouco confiáveis, a teoria de que a música de Lavender Town era a culpada das mortes poderia ser verdadeira, mas surgiram boatos de efeitos não sonoros, mas visuais dentro da Pokémon Tower que tornaram a história difícil de engolir.

Supostas vítimas não fatais disseram ter presenciado imagens de uma mão em carne viva e ossos à mostra, um fantasma parecido com o visto normalmente no jogo, só que mais diabólico e enfrentando um “Pokémon” que na verdade é um homem saindo de sua cova. As únicas coisas que comprovariam esses relatos absurdos seriam as imagens abaixo, elas teriam sido encontradas por um hacker que vasculhou a rom de Pokémon Green atrás de sprites não utilizados no jogo.


A Nintendo nunca se pronunciou sobre nada disso, mas ela mudou a música tema de Lavender Town e substituiu a Pokémon Tower por uma estação de rádio nos jogos da segunda geração.

Abaixo estão os links para se ouvir todas as versões da música tema de Lavender Town:


Primeira geração (Red/Green/Blue/Yelow): 

Primeira geração Remake (FireRed/LeafGreen): 


Segunda geração (Gold/Silver/Cristal): 


Segunda geração Remake (HeartGold/SoulSilver) : 


Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

2 comentários:

  1. ROÃO JOÃO EU VI UM CARA CHAMADO BANANÃO17 de outubro de 2014 15:00

    Conta do pokemon FireRed ? é igual a esse ai,ou é só o Lavender Tower?

    ResponderExcluir
  2. Já tinha ouvido falar dessa história, mas não tinha visto as "supostas" imagens hackeqdas. Boa postagem.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby