7 de janeiro de 2013

Besta de Busco

۞ ADM Sleipnir



A pequena cidade de Churubusco, Indiana, localizada a cerca de quinze quilômetros ao norte de Fort Wayne, tornou-se uma cidade oficial em 1847 e atualmente possui uma população de cerca de 1800 pessoas, e há quase 60 anos tem sido o lar da lendária Besta de Busco. Apesar de seu nome intimidador, um passeio rápido em torno de Churubusco em breve revela que a Besta de Busco na verdade era uma tartaruga, mas não uma tartaruga normal. Ela seria uma espécie monstruosamente grande de tartaruga aquática, sem dúvida, a maior tartaruga de todas. Relatórios afirmam que a Besta de Busco era tão grande como o topo de um carro, o pescoço do tamanho de um tubo de fogão e uma cabeça do tamanho de uma criança.

Os avistamentos

Em 1948, dois homens de Churubusco, Blue Ora e Wilson Charley, afirmam ter visto a Besta de Busco enquanto a pesca no Lago Folk. Em 1948, Gale Harris, proprietário do imóvel, que onde está localizado o Lago Folk, afirmou ter visto a criatura. Em março de 1949, Gale Harris afirma ter visto a Besta de Busco novamente. Em 13 de outubro de 1949, mais de 200 pessoas teriam visto a criatura, durante uma tentativa de atrai-la a superficie usando um pato como isca.

 "Bem vindo a Churubusco - Cidade da Tartaruga"

Supostas Características

Dizem que a forma física dessa criatura seria uma mistura de humano com rosto de tartaruga, em tamanho maior do que as demais criaturas já registadas em todo o mundo nos últimos anos. A besta também se enquadra no perfil dos animais que tem metade do corpo humano com a mistura de algum animal, e sempre estão sendo estudados com mais intensidade pelos investigadores.


Há relatos de que a besta de Busco seria até mesmo um monstro carnívoro, que atacava pessoas em locais mais isolados e durante a noite, quando de fato se mostrava pronta para os ataques.

O consenso dos estudiosos do caso é que ela seria uma anomalia da natureza: segundo as descrições, quando ela não é um humano com cabeça de tartaruga, é uma tartaruga gigantesca, do tamanho de uma pequena montanha, que pisa na terra depois de longos períodos no fundo do mar. Cientificamente falando, é muito mais provável a existência de uma tartaruga gigantesca do que uma tartaruga com corpo humano.

A Evidência

Não há atualmente nenhuma evidência para apoiar a existência da Besta de Busco. Apesar de uma caça de um mês de duração na região e da grande repercussão na mídia local, nem a Besta de Busco e nem evidência alguma de sua existência  foi encontrada.





Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby