2 de outubro de 2012

Filmes Amaldiçoados

۞ ADM Berserker


Todos os filmes estão sujeitos a acidentes durante as filmagens, mas alguns exageram e acabam tornando-se lendas urbanas. Aqui estão alguns casos reais que envolveram equipes de filmes conhecidos.


1. Sangue de Bárbaros

John Wayne fazendo papel de Gengis Khan já seria um desastre em si, se não fosse pela “brilhante” escolha das locações no deserto de Utah em 1955, onde haviam sido realizados testes nucleares. O resultado: das 220 pessoas envolvidas na produção, 91 desenvolveram câncer e 46 morreram prematuramente em função da doença, incluindo os astros John Wayne, Susan Hayward, Agnes Moorehead e o diretor Dick Powell. Não por acaso o filme ficou engavetado por quase 20 anos e foi o último produzido pelo milionário Howard Hughes.

2. Twilight Zone, o Filme

Um acidente com um helicóptero marcou essas filmagens. Durante uma cena cheia de efeitos pirotécnicos, um helicóptero caiu sobre os atores, decapitando o ator Vic Morrow e esmagando dois atores infantis vietnamitas - de seis e sete anos - matando os três. O produtor Steven Spielberg rompeu com o diretor John Landis, pois além da imprudência que levou ao acidente, os atores mirins não tinham contrato legal e o diretor levava armas de fogo com munição real nas filmagens.

3. O Corvo

O jovem astro Brandon Lee faria uma cena em que era baleado, mas o cartucho de festim foi inadvertidamente substituído por uma bala real, que atingiu o ator no abdômen e o matou. A morte prematura de seu pai, o astro de artes marciais Bruce Lee, pouco após as filmagens de Operação Dragão, causou rumores sobre uma maldição que se abateria sobre a família. Mas aquele não foi o único acidente das filmagens. Um carpinteiro se feriu gravemente - eletrocutado - logo no primeiro dia de filmagens, treze dias depois uma tempestade destruiu o principal cenário, atrasando a produção, mais tarde mais uma bala foi encontrada no lugar de festim pouco antes de ser usada numa cena, um carpinteiro enfurecido jogou o carro sobre o estúdio de gesso, um dublê caiu de um telhado, outro carpinteiro feriu gravemente a mão com uma chave de fenda… a despeito disso tudo o filme foi concluído com a ajuda de um dublê e de computação gráfica e foi lançado nos cinemas.

4. Tróia

Ironicamente durante as filmagens Brad Pitt, que interpretava Aquiles, sofreu um corte profundo no seu “tendão de Aquiles”. Um extra, o fisiculturista George Camilleri - amigo de Pitt -, quebrou a perna numa cena de batalha em que pulava de um galeão, ele foi operado no dia seguinte, mas veio há morrer duas semanas mais tarde devido a complicações. Até o final das filmagens a equipe ainda teve que enfrentar dois furacões nas locações no México. Apesar de tudo, o filme foi um sucesso.

5. Apocalypse Now

As coisas deram tão errado neste clássico de Coppola, que as filmagens programadas para seis semanas, levaram 16 meses. O ator principal, Martin Sheen teve um ataque cardíaco. O astro Marlon Brando quis desistir na última hora e depois só admitiu ser filmado na penumbra para ninguém ver que ele estava gordo, um furacão destruiu todos os sets de filmagens e as chuvas não deram trégua. É o preço de filmar na selva.


6. The Man Who Killed Don Quixote / Lost in La Mancha

Terry Gilliam ganhou fama como um diretor azarado, todos os seus filmes tiveram problemas. No último, The Imaginarium of Dr. Parnassus, o astro Heath Ledger morreu durante as filmagens. Mas nenhum supera este filme de Don Quixote, que jamais foi finalizado, mas foi brilhantemente documentado em Lost in La Mancha. Logo no primeiro dia de filmagens, descobriu que a locação escolhida na Espanha era próxima a um campo de treinamento de tiro dos aviões da OTAN, sempre vazando o som nas filmagens, no segundo dia, uma inundação e tempestade de granizo destruíram os equipamentos e pior, descaracterizaram totalmente o local, dias depois o ator principal - Jean Rochefort - foi diagnosticado com hérnia de disco e impedido de montar a cavalo - imagine Don Quixote sem cavalo. Os produtores acabaram desistindo e deram por perdidos os 15 milhões de dólares até então investidos.

7. O Exorcista

Rumores - alimentados pela produção - dão conta que pelo menos nove pessoas envolvidas na produção teriam morrido inesperadamente, além de um misterioso incêndio que destruiu parte dos cenários num final de semana. O diretor William Friedkin pediu ao padre consultor técnico, que exorcizasse os sets, mas ele apenas concordou em benzer. Um raio destruiu uma cruz de 400 anos, no dia da première em Roma foi enorme o número de pessoas impressionáveis que passou mal durante as exibições. O clima de histeria garantiu o imenso sucesso do filme.

8. Poltergeist - A trilogia

Dizem que o primeiro filme foi dirigido por Steven Spielberg, que assumiu após notar a evidente incompetência do diretor Tobe Hooper, que o teria amaldiçoado por isso, se é verdade eu não sei, mas a coisa pegou. Vários atores ligados aos três filmes morreram tragicamente, a começar pela garotinha Heather O’rourke, que interpretou Carol Ann, que morreu aos 12 anos, devido a complicações de uma gripe, durante as filmagens da parte 3. Também a jovem Dominique Dunne, que fez sua irmã, foi estrangulada pelo namorado logo após as filmagens. Julian Beck e Will Sampson de Poltergeist 2 morreram pouco depois das filmagens. O garoto Barry Oliver, o outro irmão quase foi sufocado durante as filmagens do primeiro, mas se foi a única das crianças a sobreviver, o mesmo não se pode dizer de sua carreira.

9. Atuk

Este roteiro que circula há anos em Hollywood nunca foi filmado, mas é uma das maiores lendas urbanas da indústria. É uma comédia, baseada em um livro de sucesso, sobre um guerreiro esquimó que tenta se adaptar a vida na cidade grande. John Belushi foi o primeiro ator escalado para o papel, mas morreu de overdose em 82, em seguida Sam Kinison foi convidado e começou a filmar, mas o filme teve problemas de financiamento, foi adiado e o ator morreu num acidente, John Candy foi então o escolhido, mas morreu do coração, em seguida Chris Farley estava prestes a assinar quando morreu de overdose em 97.

10. A Profecia

Nenhum filme teve tantas histórias trágicas como este. Pouco antes do início das filmagens, o filho de Gregory Peck se matou, dois aviões diferentes, levando os atores e a equipe, foram atingidos por raios, o hotel onde estava à equipe foi bombardeado pelo IRA, mas todos se salvaram porque estavam num restaurante almoçando, um avião alugado para o filme foi substituído por um voo comercial e caiu matando todos a bordo, o mais incrível aconteceu com o responsável pelos efeitos especiais, John Richardson, numa sexta-feira 13 de agosto de 1976, sofreu um acidente de carro e seu assistente foi cortado pela roda dianteira, quando conseguiu sair dos destroços, Richardson viu uma placa na estrada que marcava Omen 66,6 - Omen é o título original do filme e 666 todos sabem o que é…

Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Um comentário:

  1. Excelente!Será que não existem mais filmes amaldiçoados perdidos por aí á fora!!Hummm.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby